sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Aprenda a fazer a cadeira de rodas da Mariquinha

Galeraaa!

Olha que máximo! A SEDA publicou o material e o modo de fazer a cadeira da Mariquinha, que foi ao ar no Globo Repórter. 
FAZENDO EM CASA
 Cadeirinha de rodas da Mariquinha: aprenda a montar uma com cano, rodas de 
arrinho de feira e alça de mochila


A Rede Globo, a Band TV e a Record foram conhecer o trabalho da Área de Medicina Veterinária da SEDA e a cadeira de Mariquinha virou atração. Foram muitos pedidos e, por isso, quisemos ensinar aos donos de animais com paralisia a montar uma com materais reciclados e de baixo custo


Animal solto nas ruas é sinônimo de perigo e o principal motivo pelo grande número de animais atropelados nas vias públicas. A Área de Medicina Veterinária (AMV) recebe por dia, em média, quatro solicitações de resgates. Somente no mês de outubro, foram 114 casos.
Muitos dos cães ou gatos que passaram pelo trauma ficam com sérias seqüelas para o resto da vida. Algumas são irreversíveis, quando há fratura de coluna e o animal perde os movimentos das patas.
 
Na AMV, os animais estão ganhando uma nova chance de locomoção através das cadeirinhas de rodas confeccionadas pelo servidor Luis Rogério Preigschadt. Depois de muita pesquisa na internet, Luis fez algumas adaptações mais em conta para que o equipamento contemple o maior número de cães e gatos e seja disponível a donos de animais com os mesmos problemas. 

Saiba os materiais utilizados para montar a cadeirinha de rodas, mas Luis Rogério alerta: “A cadeirinha contribui na evolução dos tratamentos e possibilita locomoção e conforto dos bichos, mas eles precisam de mais. Amor e carinho são fundamentais na cura e superação de traumas”.

Materiais para animal de porte pequeno ou médio 

  • 4 tampões em PVC (tam 20)
  • 4 Joelhos em PVC (tam 20)
  • 6 T’s em PVC (tam 20)
  • 2 Barras de cano em PVC de 30 cm
  • 3 Barras de cano em PVC de 15 cm
  • 4 Barras de cano em PVC de 12 cm
  • 2 Barras de cano em PVC de 5 cm
  • 4 Barras de cano em PVC de 2,5 cm
  • 1 Mangueira de 1m
  • 2 Rodas de carrinhos de feira
  • 1 Barra de ferro de 50 cm
  • 3 Pedaços de 30 cm de arame
  • 1m de alça de mochila
Como fazer a cadeira da Mariquinha aqui .

Informações da SEDA


"GUARDA RESPONSÁVEL
Cão com sequela de cinomose ganha uma família


Mais um SRD especial ganhou novo lar esta semana. Ele atende pelo nome de Guru, tem dois anos e estava na Área de Medicina Veterinária da SEDA desde agosto.
Guru foi resgatado das ruas com atrofia nos membros anteriores e sintomas de cinomose. Conforme a veterinária Adriana Lopes, a atrofia, possivelmente, foi causada por uma doença congênita e o animal precisou passar por tratamento sintomático. Ele já está recuperado, mas eternamente sofrerá espasmos musculares, seqüela da cinomose.
Na última quarta-feira (21), Camila Canuto veio à SEDA decidida a adotar um cão de grande porte, mas quando avistou Guru ficou encantada com tanta sensibilidade e carisma. O trauma e as dificuldades de locomoção não tiram sua alegria de viver. “É um cão alegre, esforçado e passa muitas energias boas para quem está em sua volta”, observa Camila, ao destacar que a atenção será 24 horas: “Somente meu marido trabalha fora, vou passar o dia inteiro com ele”.
A doença – A Cinomose é uma patologia altamente contagiosa, causada pelo Vírus da Cinomose Canina (VCC). Acomete principalmente cães que não foram vacinados e, se não for tratada, pode deixar sequelas ou levá-los a óbito.
A doença se apresenta em quatro fases, entre elas a cutânea, causadora de feridas com secreção. Existe também a fase digestiva, que é caracterizada por vômitos e diarréias. Durante a fase respiratória surgem secreções nasais e oculares e tem ainda a fase nervosa, que pode ser considerada a mais grave de todas. Geralmente os animais que apresentam este estágio podem sofrer com incoordenação motora, muita sensibilidade a dor e vocalização.
Segundo Adriana Lopes, trata-se de uma patologia muito grave e sua prevenção é feita através da vacinação. “É muito importante que cães, a partir dos 45 dias de vida, sejam vacinados com a Polivalente, que previne várias doenças, inclusive a cinomose”, destaca a veterinária. "


Galera, olha que querido o Guru! Parabéns a Camila por abrir seu coração a este lindo aumiguinho!

Lambeijocas!

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Dupla adoção

Galera,

agora o negócio é sério! (as outras postagens também, mas essa é super especial).


Essas duas cachorrinhas são as outras que a tia Maristela resgatou dos maus-tratos! Elas são muito apegadas, cuidam uma da outra, são companheiras inseparáveis! Estamos procurando que queira adotá-las juntas, pois como são muito unidas, dói nosso coração canino ter de separá-las.
Em algum cantinho tem alguém com muito amor que possa dar um lar maravilhosos para nossas amiguinhas sofridas.




É só pensar na felicidade das duas correndo e brincando num super gramadão, com comida e água fresquinha, até manos caninos e "gatinos", e papis muito queridos que dão tudo o que elas precisam e mais um pouco...
Aiai... que isso aconteça logo.
Turma, vamos divulgar e pensar que VOCÊ pode chamar de SUA  essa matilha linda!

Maia e seus filhotes!

Galera linda,

Quero mostrar para vocês o que faz a dedicação a um animalzinho abandonado.
Vocês lembram que lá no começo do blog eu falei que fui resgatada pela tia Juliana e tia Maristela, né?
Então, a tia Maristela está sempre ajudando os nossos aumigos mais necessitados, e dessa vez foram 4 cachorrinhas resgatadas e que precisam de um lar.

Nesse post ela fala da Maia e seus filhotes:
" Esta madrugada a Maia deu cria a 5 lindos filhotes, três meninas e dois meninos lindos!
Esta linda cachorrinha foi tirada dos maus-tratos. Vivia na chuva, no frio e sem comida.
Acredito que São Chico olhou para ela e me fez enxergar esta doce cachorrinha. Penso no que sería dela se ainda estivésse naquele lugar.
Ela foi resgatada por uma protetora e hoje esta num lar temporário até que os filhotes desmamem.
A Maia agora está com seus filhotes num lugar quentinho e protegido.
Ao ver as fotos percebo o olhar doce desta cachorrinha!
O que me chamava a atenção  era ela ser tão resignada , pois sofria sem  emitir um latido. Ela aceitava aquela horrivel situação a que era submetida.
Bom o importante é que ela esta bem! Parece ser uma mãezona e vamos cuidando desta linda até que ela e os seu filhotes sejam adotados.
Obrigado a todos que se sensibilizaram com ela. Com a ajuda de algumas pessoas ela passou por consulta e ecografia antes dos filhotes nascerem."

A Maia foi resgatada já prenha e olha como ela estava:


Ela realmente é uma cachorrinha linda, e nem todas as pessoas são capazes de ver essa beleza. Mas depois de um bom banho e tosa:


E finalmente a matilha completa! Galera, que coisa mais linda a carinha da Maia! E os filhotinhos? Se mamis e papis deixassem eu arrebanhava todos lá para casa...


Então, Turma, vamos abrir um espaço na casa e no coração de vocês para adotar a Maia e seus adoráveis cãezinhos? Se você não puder meeesmo adotar, pode repassar aos seus amigos!

 Lambeijocas 

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Dia 04 de Outubro

Galeraaaa,

Hoje o Dia é Nosso! Hoje o Dia é Nosso!


Como escrevi no post anterior, hoje é um dia muito especial para nós! É dia de São Francisco de Assis, Protetor dos Animais, e Dia dos Animais!

Parabéns para nós! Nesta data querida! Muitas felicidades! Muitos anos de vida!

Que sempre estejamos dispostos a ajudar o próximo, seja ele quem for: animal, gente, amigo, desconhecido... E que o dia de hoje marque uma mudança para melhor na cabeça das pessoas, que haja iluminação e amadurecimento quanto à nossa situação, os animais. Não queremos ser humanizados, queremos respeito! Temos o direito tanto quanto vocês à uma família, comida, água, uma casinha/caminha quentinha, pois somos fiéis, e como São Francisco nos chamou, somos todos Irmãos!

Lambejocassss

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Amanhã é dia de Festa!

Galera animalesca!!!

Vocês sabem que dia é amanhã????
É Dia de São Francisco de Assis e dos Animais!!! Afinal São Francisco é nosso Protetor! E para comemorar, teremos postagens da história de São Francisco e também histórias sobre gatinhos, coelhos, macaquinhos... se alguém quiser mandar sua historinha, escreve para mim: nathifa.ebling@bol.com.br.

E que tal começarmos já?

(imagem, fonte: Pastorais São Luiz Gonzaga)

O nome de São Francisco era Giovanni di Pietro di Bernardone, e nasceu na cidade de Assis, na Itália.Seus pais eram bem-sucedidos comerciantes italianos, o que fez com que São Francisco tivesse uma  juventude proveitosa (dinheiro não era problema), sendo "um jovem popular entre seus amigos, por sua indisciplina e extravagâncias, por sua paixão pelas aventuras, pelas roupas da moda e pela bebida, e por sua liberalidade com o dinheiro, mas mostrava uma índole bondosa" (wikipédia).
Após algumas aventuras como soldado, e também com seus amigos, São Francisco começou a se interessar pelos mais necessitados. Conta-se que seu encontro com um leproso foi como um marco para voltar-se à vida religiosa, embora não o tenha acontecido instantaneamente. Somente após um desentendimento com seu pai (quando ele pegou tecidos de sua loja e o vendeu a preços módicos para a reforma de uma igreja), que "seguiu-o e o acusou de dissipador de sua fortuna, reclamando uma compensação pelo que ele havia tirado sem licença de sua loja. Então, para a surpresa de todos, Francisco despiu todas as suas belas roupas e as colocou aos pés do pai, renunciou à sua herança, pediu a bênção do bispo e partiu, completamente nu, para iniciar uma vida de pobreza junto do povo, da qual jamais retornou. O bispo viu nesse gesto um sinal divino e se tornou seu protetor pelo resto da vida."(wikipédia)

Sou fã de São Francisco, galera. Ele tinha tudo, e quis dedicar sua vida aos mais necessitados e a nós, fundando a Ordem dos Franciscanos! Isso serve para nos lembrar que todos podemos fazer a diferença na vida de uma pessoa e de um animal. Não precisamos escolher entre um ou outro, somos todos irmãos.

Lambeijos

Curso de Banho e Tosa

Galera,

quero me inscrever... será que dá? Aumentar a renda mensal de biscoitos lá em casa seria uma boa!!!
Latindo sério, é superdemaisdelegal, aprender a dar banho e  tosar com muito carinho e atenção! Lá em casa, às vezes a gente vai no salão/pet, mas também ganhamos banho em casa, com o shampoo certo,  temperatura beem boa do secador (se bem que meu mano Hórus não curte o secador) e biscoito no fim da empreitada... adorooo!
E vamos à notícia da SEDA - Porto Alegre:

"CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL
Prefeitura promove curso de Banho e Tosa a partir de novembro


Representantes das secretarias do Trabalho e Emprego (SMTE) e Especial dos Direitos Animais (SEDA) se reuniram na terça-feira (25) para acertar os últimos detalhes do Curso de Banho e Tosa. A ideia surgiu depois do Observatório do Trabalho de Porto Alegre constatar a ascensão da atividade no mercado de trabalho. Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Methodus, em 2009, aproximadamente 70% dos lares da Capital possuiam algum animal doméstico e o número de empregos em ocupações relacionadas à área de Pet Shops apresentava um crescimento médio anual de 15,2%.
Em três anos muita coisa mudou. Cada vez mais as pessoas têm se conscientizado de que bichos de estimação merecem muito mais do que um pote de ração, água e uma toalhinha velha para dormir. Nos Estados Unidos, por exemplo, o nível de especialização e tratamento dos animais de companhia chegou a tal ponto que um pet shop tem o mesmo status de um salão de cabeleireiros.
De acordo com o gerente de Qualificação da SMTE, José Alberto Jonher, a expectativa é iniciar o curso em novembro, após a definição da empresa responsável pelas aulas, através de processo licitatório. Para a primeira edição estão previstas 10 vagas e poderão participar pessoas inscritas no SINE Municipal (avenida Sepúlveda, s/nº). O curso terá duração de 100 horas, totalizando aproximadamente um mês e meio de aulas teórica e prática.

À SEDA caberá indicar um profissional para participar da elaboração dos conteúdos e fiscalização do curso. “A atividade requer muita dedicação para saber manejar os animais e lidar com o comportamento deles. Outro fator importante são cães e gatos com limitações físicas que requerem atenção especial”, alerta a coordenadora da Área de Medicina Veterinária, Márcia Gemerasca.


Dicas para uma prática saudável de banho e tosa 
A dermatologia veterinária é um campo efetivo de especialização profissional, uma vez que as doenças de pele estão entre as mais incidentes em cães e gatos. Importante ressaltar que muitas doenças, como dermatofitoses (enfermidades de pele produzidas por fungos) e as parasitoses cutâneas (sarnas), podem ser contraídas num estabelecimento de banho e tosa com condições higiênicas inadequadas. Além disso, o uso de produtos errados vai desde danos à saúde do animal ao incremento de despesas aos proprietários, que podem ser evitadas. Portanto, todos os estabelecimentos que manipulam ou executam serviços destinados a animais devem ter, por lei, um médico veterinário responsável.


Banho – A quantidade de banhos de um cão varia de acordo com a raça. O poodle, por exemplo, deve ser banhado a cada quatro ou seis semanas. Já o pointer pode esperar aproximadamente três meses. Mas em geral, cães mantidos em casa pedem banhos freqüentes.
Antes do banho é necessária uma escovação para desemaranhar a pelagem, já que a água tende a apertar os nós, dificultando sua remoção. O desemaranhamento é melhor realizado com uma rasqueadeira e um pente de nós. Os utensílios normalmente usados para a prática são xampu, escova de cerdas, esponja, esteira de borracha para a banheira, duas toalhas de tamanho grande, mangueira com spray (esguicho) e condicionador (para cães de pêlo longo, exceto poodles e terriers). A região das orelhas é uma das mais críticas e deve ser limpa regularmente para evitar mal cheiro e infecções.

Secagem – Existem várias maneiras de se secar o pêlo. O primeiro método é afofá-lo, usando um secador de cabelo e tomando todos os cuidados para que a temperatura seja adequada, uma vez que o ar quente próximo ao corpo pode ocasionar graves lesões, como queimaduras. É muito usado em cães de raça poodle, afghan, sheepdog e maltês para estreitar o pêlo.

O segundo método é conhecido como “secagem em canil ou gaiola” e é usado geralmente em cães de pêlo curto ou naqueles que não exijam uma aparência de pêlo esticada ou felpuda. E o terceiro método é a “toalha”, adotado para raças pequenas e de pêlo duro, como o chihuahua, o pinscher miniatura e o manchester terrier toy.

Tosa – Existem dois tipos de tosa: o trimming (especial para exposição) e o grooming (mais usado para cães domésticos). Para o grooming, ou tosa comum, usa-se tanto a tesoura como a máquina de tosa. Quando for usar a  máquina de tosa, é importante manter o pulso flexível no caso de o cão mover-se subitamente. Usa-se a máquina de tosa, em geral, seguindo a direção do pêlo. Cortar com a tesoura é uma arte um pouco mais lenta de se adquirir e requer mais horas de prática."

Gente, lá em casa mamis não tosa  a gente não, leva só no pet, porque ela não se garante. Se você também "não se garante", leve seu aumigo para alguém especializado e que tenha os cuidados e produtos necessários!
E quem quiser mais informações sobre o curso, fiquem ligados no site da  SEDA.

Lambeijoconas

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

A História do Huguinho

Galera,

hoje trago para vocês a história do Huguinho...
Sabe no post sobre o tio Luís que fez uma cadeirinha para um cachorrinho? Pois é, agora lhes apresento: HUGUINHO!

"Quem de nós se atreverá a reclamar da vida depois de ler a história do SRD Huguinho?




Ele poderia se chamar Alegria, porque o que mais sabe fazer é esbanjá-la sozinho ou acompanhado, não importa. Mas seu nome é Huguinho, tem 3 anos e, apesar do passado triste, é um exemplo de superação e força de vontade.
 O SRD chegou à Área de Medicina Veterinária no dia 8 de agosto através de um protocolo do “Fala Porto Alegre - 156” solicitando ajuda a um cão que não movia as patas traseiras. Ele estava muito debilitado e foi atendido com competência e carinho pela veterinária Adriana Lopes. “O estado dele era delicado, pois estava muito magro, desidratado e com lesão nas patas posteriores. Além disso, o corpinho estava tomado de sarna e ectoparasitas (pulgas e carrapatos). Pelas características da lesão, suspeitamos que tenha sido vítima de atropelamento”, diz Adriana.
 Depois de uma série de exames, foi diagnosticada paralisia total dos membros. As feridas nas patas, causadas pela tentativa de locomoção do animal que se arrastava, recebeu curativo e tratamento para cicatrização e Huguinho foi medicado com antiinflamatório e antibiótico. Recuperado, também foi esterilizado e microchipado. 
Quem vê o SRD, hoje, nem imagina o trauma que viveu. É bastante agitado e, com muita facilidade, reaprendeu a correr e a brincar. Até uma cadeirinha de rodas, feita com pedaços de cano em PVC e rodinhas de carrinho de feira ele ganhou do “tio” Luis Rogério.

E para complementar a felicidade de Huguinho, um lar será bem vindo. “Huguinho teve uma lesão definitiva e quem adotá-lo terá que manter nosso ‘menino’ protegido e passear com ele duas vezes ao dia com a cadeirinha”, alerta a veterinária Adriana Lopes. 
Depois de tudo que passou, o que ele mais precisa é de  uma família que lhe dê amor e carinho.
Deixe Huguinho contagiar a sua vida de coisas boas, assim como ele fez com as nossas.
Ele está na SEDA esperando por você!  

Trânsito X Animais = Perigo

A SEDA faz um alerta aos motoristas. É necessária muita atenção no trânsito com relação aos animais. 
A estimativa é de que aproximadamente 500 mil animais vivam na Capital e, diariamente, chegam à Área de Medicina Veterinária da SEDA uma média de três solicitações de resgates a atropelados. De junho a agosto deste ano, o número chegou a 253 casos de acidentes envolvendo animais no trânsito. 
Sem abrigo, cães e gatos perambulam pelas ruas e avenidas de grande movimento. Para prevenir possíveis acidentes é necessário que os motoristas fiquem atentos e respeitem as regras de trânsito, a sinalização e os limites de velocidade. Afinal, o risco não existe só para animais; o risco existe para todos. "


Fonte: SEDA

OBS: olha que legal, a história do tio Luís da SEDA foi uma das mais compartilhadas no Facebook: curte lá: SEDA LUÍS 

terça-feira, 18 de setembro de 2012

E o próximo evento ééééé...

Galera linda,

passei para dar um oi, e informá-los que dia 15 de novembro acontecerá em Porto Alegre a segunda edição do SARAU CULTURAU!
Vamos divulgar e participar, para  fazer deste evento um "sucessão" como foi o primeiro!


Gente, a renda todinha é revertida em prol dos animais... eu  muito me emociono com essas ações, é através delas (e das pessoas de bom coração que as organizam ou que trabalham "sozinhas") que podemos minimizar o sofrimento dos mais necessitados.
Não importa se é bicho ou gente, o essencial é fazer a nossa parte!
Lambeijos gigantes!

Perfil

Galera amada do meu Rio Grande,

espia só o exemplo deste amigo da SEDA:

Luis Rogério usa a criatividade em prol dos animais


A criatividade é um dom que todos desenvolvem. Trata-se da obtenção de novos arranjos de ideias e conceitos, na tentativa de construir estruturas ou táticas que resolvam problemas de forma incomum, ou na obtenção de resultados para um individuo ou toda a sociedade. Algumas pessoas desenvolvem mais esse dom, outras, menos. Mas, é necessária inteligência para utilizá-la em prol do próximo. 

Um belo exemplo de quem utiliza a criatividade em prol do coletivo é do servidor Luis Rogério de Azevedo Preigschadt, que trabalha na Secretaria Especial dos Direitos Animais (SEDA) desde fevereiro de 2011, ainda na época em que era uma Coordenadoria.
Além de desempenhar suas funções na coordenação de ações externas, como resgates de animais atropelados, doentes e mutirões, ele ocupa seus horários livres para criar. Criar? Sim, ele é o responsável pela construção do "Recanto dos Gatos" na Área de Medicina Veterinária (AMV).
A casinha em estilo rústico oferece conforto e segurança aos animais que aguardam por um lar. O espaço tem área de lazer com escada para o andar superior, poltronas e caminhas. E podem ter certeza, foi construído com muita dedicação e amor.


Outra ideia geniosa foi a montagem de uma cadeira de rodas adaptada para um cão que está em recuperação na AMV. A cadeira foi feita com rodinhas de carrinho de feira, pedaços de cano em PVC e de gás. “O animal não mexe os membros posteriores, mas tem muita força de vontade e corre arrastando as patinhas anteriores pelo chão. Vê-lo assim me deixou sensibilizado, então, surgiu a ideia de montar a cadeirinha, que ainda está em experimentos”, conta Luiz.
 
Suas benfeitorias não param por ai. Ele ainda restaurou muitos equipamentos, como mesas cirúrgicas e de tratamento e cadeiras, instalou as divisórias na sala de cirurgia, consertou as fechaduras de várias portas e os bancos da Kombi da SEDA que iriam para descarte e que, atualmente, são de extrema importância para o bom desenvolvimento das atividades realizadas na AMV.

Aos 30 anos, o pai do João Pedro, de 10 anos, e Marcus Vinicius, de 6, pretende continuar os estudos e sonha em cursar Arquitetura. Quem sabe é daí que vem o estimulo às criações? Fazer o bem sem olhar a quem é a palavra que define sua personalidade. Segundo ele, "é gratificante ajudar a quem não tem condições de ajudar a si próprio e trabalhar na SEDA é uma realização."



O resgate da sua vida 
Luis conta que muitos casos de salvamentos marcaram sua trajetória na SEDA, mas um em especial o marcou profundamente: “É a história do Zoado e aconteceu em junho do ano passado. Lembro que ainda não existia a SEDA; atuávamos na Compaad. Era um dia de muita chuva, então ligaram pedindo ajuda para um cão no bairro Restinga. Ele havia sido atropelado, apresentava fratura exposta nas duas patas traseiras e se encontrava no canteiro central". 

Quando Luis encontrou o cão, ele sentia tanta dor que, na tentativa de acabar com o sofrimento, arrancava pedaços da pata quebrada com a boca. Na AMV, Zoado passou por cirurgia de amputação do membro e se tornou um dos cães especiais da Exposição Fotográfica “Especiais sim, diferentes não”.
O SRD foi adotado no início deste ano e está muito bem com sua nova família. “Ele é um animal alegre, agitado e com muita vontade de viver. É fantástico saber que fiz parte da história dele, que acompanhei de perto toda sua evolução”, recorda.
De acordo com a coordenadora da Área de Medicina Veterinária, Márcia Gemerasca, Luís é um colega dedicado e disposto: “Com ele, todos na SEDA podem contar a qualquer momento e em qualquer horário”. Márcia diz que, por muitas vezes, foi necessário chamá-lo à noite para ajudar em algum resgate ou atendimento e sempre fora atendida com muito zelo. “Ele tem muito respeito e carinho por todos os colegas e, também, pelos animais. Faz de tudo para melhorar a qualidade de vida dos cães e gatos albergados”, afirma."

Fala se não é mais que especial, galera??? Parabéns ao Luís e a turma da SEDA!

Lambeijos


segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Humane Society International conhece experiência da SEDA

Galera, olha que chique:

o pessoal da SEDA recebeu uma visita muito importante, a galera lá da Farm Animals da Humane Society International (HSI).


Sergio Moncada e Luiza Damigo visitaram a Área de Medicina Veterinária e se encantaram com animais que sobreviveram ao abandono, acidentes e maus tratos"
Segue a notícia:


"O prefeito José Fortunati e a primeira-dama Regina Becker receberam, na quinta-feira (30), a visita do vice-diretor do departamento de Farm Animals da Humane Society International (HSI), Sergio Moncada, e da assistente de Campanhas no Brasil, Luiza Damigo. A HSI e suas parceiras formam, juntas, uma das maiores organizações de proteção animal do mundo, apoiada por 11 milhões de pessoas.
A organização atua em diversos países na defesa de animais domésticos e silvestres, na conscientização sobre a realidade de animais de produção (Farm Animals) e contra a utilização de animais em testes em laboratório. Pela primeira vez no Brasil, Moncada fez questão de conhecer a Secretaria Especial dos Direitos Animais (SEDA), uma importante iniciativa voltada à causa animal: “Voltarei para casa (Estados Unidos) feliz por ter conhecido pessoas envolvidas de fato com a proteção animal”. 

Segundo ele, o país está vivendo um momento político propício para avançar nesta questão, bem como um momento de articular-se com o Poder Público, OSCIPs, ONGs e protetores para desenvolver ações efetivas no que tange os animais criados para consumo, principalmente galinhas poedeiras e porcas reprodutoras.
Em solo brasileiro, o organismo internacional vem trabalhando no combate ao confinamento intensivo de animais criados para consumo, por uma mudança no modelo de produção animal industrial nas chamadas “granjas-fábrica”, indo ao encontro de uma agricultura mais sustentável, e na redução do consumo de carne, ovos e laticínios. “No Brasil, a criação de animais para consumo é uma grande responsável pelo desmatamento, causando perda de biodiversidade, degradação do solo e poluição da água. Todos nós podemos fazer a nossa parte adotando práticas menos nocivas ao meio ambiente e ao bem-estar dos animais, como reduzir o consumo de carnes, ovos e laticínios”, conta Luiza, uma das consultoras da organização no Brasil.



A HSI, que conta com dois consultores em São Paulo, pretende instalar uma filial no Brasil daqui três anos. O prefeito e Regina Becker apelaram a Sergio Moncada que antecipe a criação da unidade, pois há um ambiente favorável para avançar na relação homem-animal e nos Direitos Animais. “O brasileiro tem a cultura de olhar para ações desenvolvidas em outros países como um modelo a ser seguindo, enquanto, na questão animal, é o Brasil uma referência de respeito aos animais. Existem problemas? Sim, muitos problemas com várias espécies dependendo dos estados e municípios onde vivem, mas um grande passo já foi dado e a sociedade está acordando para eles. A rede de proteção animal é, hoje, o maior instrumento de mobilização e pressão e, graças a isso, os animais têm sido vistos e tratados com outros olhos”, afirma a primeira-dama.


A partir de outubro, a Frente Parlamentar em Defesa dos Animais no Congresso Nacional realizará reuniões mensais com representantes dos estados, fato que mostra o ambiente favorável ao avanço na relação do homem-animal e dos Direitos Animais.
Fonte: Informativo da SEDA

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Olha só!!!

Galerona do meu Brasil!

Minha cidade está de parabéns!
"Porto Alegre anuncia construção do Hospital Veterinário Vitória!
O prefeito José Fortunati, o secretário da SEDA Urbano Schmitt e a Nova Vicenza Negócios e Participações S.A. assinam, na segunda-feira (3), o Termo de Compromisso para construção do Hospital Veterinário "Vitória". A solenidade acontece às 11h, no Salão Nobre do Paço Municipal.
"Vitória" será construído em um terreno da Prefeitura de 1,1 mil metros localizado na rua Comendador Tibiriçá, bairro Jardim Botânico. Somente a área com bloco cirúrgico e pós-operatório terá em torno de 600 metros. A expectativa da empresa de arquitetura responsável pelo projeto é iniciar obras no início de novembro e entregá-la em 10 meses. 
Este será o primeiro hospital público para animais domésticos do Brasil que atenderá casos de média e alta complexidade. Em que pese a área operacional da SEDA chamar-se Área de Medicina Veterinária, é, na verdade, um hospital público que conta com uma equipe de seis veterinários para atender uma demanda diária de cerca de 80 casos, seja para esterilização; cirurgias de risco (tumores  e amputações), tratamento quimioterápico e atendimento a animais vítimas de acidentes e atropelamentos."

Fonte:  Informativo da SEDA - Secretaria Especial dos Direitos dos Animais Porto Alegre/RS

Lembrando que cada um é responsável pelo seu bichinho! Só porque teremos um Hospital Veterinário Público, não é motivo para abandonar e achar que os outros vão cuidar!!!

Lambeijos

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Com a corda toda

Galera linda,

agora que sobrou um tempinho na minha agenda, quero colocar várias notícias que eu recebi da SEDA (Secretaria Especial dos Direitos dos Animais) lá de Porto Alegre, que eu achei muito importantes, desde testes em animais (argggghhhhhh) até feiras de adoções e projetos realizados. Tudo muito lindo e que merece ser destacado para servir de exemplos para outras cidades.
Na minha ilustre opinião canina, quanto mais ajuda melhor, mas temos que ter na cabeça que não devemos "empurrar"  para terceiros o que é de nossa responsabilidade. Explicando: se você adotou um gato/cachorro filhote, depois que ele cresceu e "perdeu a graça" para você, não é para abandonar na rua, não. Deixando para um protetor/simpatizante da causa (que já tem muitos para cuidar) recolher. Vamos pensar que as autoridades e protetores/simpatizantes estão aí, agora, zelando pelo bem-estar animal e fazendo a sua parte. O que não é motivo para se "atirar nas cordas" e deixar que os outros façam o que compete a ti!
Pense bem, adotar é um ato de amor, e por toda a vida do animalzinho!

Bom, mas aí vai a notícia:


A VOZ HUMANA DOS ANIMAIS
SEDA presente no III Congresso Mundial de Biotética e Direitos dos Animais




Representando a Prefeitura de Porto Alegre no III Congresso Mundial de Bioética e Direitos dos Animais, que acontece até 25 de agosto, na Universidade Federal de Pernambuco, a primeira-dama Regina Becker presidiu, na quinta-feira (23), a mesa de debate com o tema “Pós-humanismo, movimento político e dignidade para além do humano”.
Ao destacar que a SEDA é hoje um modelo de gestão que tem servido de exemplo aos municípios brasileiros, Regina lembrou que as terminologias “proteção” e “bem-estar”, culturalmente, afastam o poder público do verdadeiro compromisso que tem com os animais: “Os animais são constitucionalmente portadores de Direito e as administrações municipais, estaduais e federal têm, sim, esta responsabilidade e o dever de cumprir. Porto Alegre teve a oportunidade de avançar na questão animal e concretizar projetos e ações porque o prefeito é um ativista”.
Da mesma opinião compartilhou o professor de Direito da Universidade Federal da Bahia e um dos organizadores do Congresso Mundial, Heron Gordilho. “Partindo da premissa de que animais são efetivamente sujeitos de direitos, nada mais natural que lhes seja assegurada legitimidade para pleitear, em juízo, a garantia e proteção de seu patrimônio jurídico”.
Promotor de Justiça do Meio Ambiente de Salvador, onde atua com associações de Proteção Animal contra qualquer forma de crueldade, em 2009, Gordilho lançou o livro Abolicionismo Animal. Segundo ele, a ideia é contribuir com o debate ético sobre a relação entre homens e animais e provar que a Constituição Federal de 1988 os elevou à categoria de sujeito de direitos fundamentais básicos, tais como a vida, liberdade e integridade psíquico-física. “A discussão sobre o tema, além de gerar questionamentos sobre um novo statusjurídico dos animais, cria também um imperativo que não permite mais a desconsideração aos interesses dos animais não humanos. É preciso reconhecer que reformas judiciais e processuais serão fundamentais para o processo de mudança de paradigma jurídico, a fim de desenvolver um ordenamento mais justo e solidário para todas as espécies”, afirma Gordilho.



Movimento de Proteção Animal e Congresso Nacional juntos

Regina Becker propôs, ainda, que desses quatro dias de evento saiam propostas pontuais para que, de fato, os Direitos Animais sejam uma realidade no país. O mesmo defendeu o coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Animais no Congresso Nacional, deputado federal Ricardo Izar
(foto com Regina Becker e Heron Gordilho). Segundo ele, nem o poder público nem a sociedade civil, sozinhos, conseguem alcançar objetivos. “A Frente Parlamentar precisa, e muito, do Movimento de Proteção Animal de todos os estados para que os trabalhos no Congresso possam avançar”, disse Izar, ao anunciar que, a partir de outubro, a Frente irá se reunir mensalmente com representantes dos estados para estreitar relação e afinar o discurso e propostas em prol dos animais.Ricardo Izar tem participado de reuniões com o ministro do Superior Tribunal da Justiça (STJ), Herman Benjamin, para discutir penas mais rígidas para quem cometer crime contra qualquer espécie, sem a possibilidade destas penas se transformarem em infrações administrativas, um receio geral do Movimento de Proteção. “Acredito que podemos transformar isso em uma oportunidade para que, com a revisão do Código Penal, os deputados atentos façam mudanças para maximizar e aumentar a pena para quem comete crimes contra os animais”.

  
Na primeira foto a primeira-dama Regina Becker com o deputado federal Ricardo Izar e o promotor de Justiçado Meio Ambiente de Salvador (BA), Heron Gordilho. Na imagem ao lado, o presidente do IAA (Instituto Abolicionista Animal), Tagore Trajano de Almeida Silva; a advogada e professora de Direito Marítimo e de Direito Ambiental da Faculdade de Boa Viagem (PE);  Regina Becker; e a professora da PUC/RS e presidente do Instituto Piracema, Fernanda Medeiros. 






Lambeijosss

Mais uma do Informativo da SEDA

Galera,

aqui estão as fotos de alguns aumigos da SEDA que estão para adoção:







São as coisinhas mais lindas, vocês não acham?
Para adotar essas fofuras podem entrar em contato pelo e-mail: megui.trois@seda.prefpoa.com.br ou pelo telefone (51) 3289 5504.

Lambeijocas!

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Parabéns pra você!

Galera linda,

hoje minha mamis está de aniver!


"Parabéns pra você,
nesta data querida,
muitas felicidades,
muitos anos de vida!"

Parabéns mamis, tudo de bom! Já separei um pouquinho da minha ração e dos meus biscoitos  para te dar de presente, espero que tu goste!
Lambeijoconas do papis, Hórus, Marty e euzinha linda aqui!

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Notícia quentíssima II

Galerinha,

isso é superhipermegamaxi importante: 

"RS terá Frente Parlamentar em Defesa dos Animais




A Assembleia Legislativa lança, no próximo dia 16 de agosto, a Frente Parlamentar em Defesa dos Animais. O evento está marcado para às 10h30, no Salão Júlio de Castilhos.

De acordo com o deputado Paulo Odone (PPS), que coordenará os trabalhos da Frente, o objetivo é mobilizar a sociedade quanto aos projetos voltados à defesa dos animais que tramitam no Parlamento gaúcho e na Câmara dos Deputados. “O comprometimento é o único instrumento capaz de mudar o rumo de uma história. Por isso, precisamos cada vez mais de pessoas, sejam elas homens públicos ou da sociedade civil, para garantir os Direitos Animais, assegurados em leis, mas ainda muito distante de serem cumpridos", diz o deputado.
Odone é autor do projeto de Lei (PL 462/11) que proíbe a atividade de cães de guarda no Rio Grande do Sul. Pela proposta, será considerado infrator o proprietário dos cães ou o proprietário do imóvel em que os animais estejam realizando a guarda e/ou a vigilância, bem como todo aquele indivíduo que contrate por escrito ou verbalmente a utilização animal."


Fonte: Informativo SEDA - Secretaria Especial dos Direitos dos Animais - Prefeitura de Porto Alegre

Fiquem atentos.

Notícia Quentíssima

Galera,

o que eu não escrevi e publiquei em dias, tiro o atraso agora.
Recebi o informativo da SEDA, e já pedi se poderia divulgar
o trabalho deles aqui; resposta afirmativa; as notícias estão
aqui (vou publicando aos poucos, para sempre ter novidade):


LANÇAMENTO
Revista pet será lançada dia 16 de agosto


Com a proposta de revolucionar o espaço pet de anunciantes e leitores, entra no mercado a Revista Amigo Animal. Além de apresentar pautas com compromisso de tornar a vida de cuidadores e de seus mascotes cada dia melhor, a publicação vai incentivar a adoção responsável. O lançamento acontece na próxima quinta-feira (16), às 19h, no Boteco Tirol do Shopping Paseo. 


A primeira edição já vem recheada de surpresas. Para descobrir, é preciso curtir a revista, que terá tiragem gratuita de 2 mil exemplares (os locais de distribuição serão divulgados em www.facebook.com/revistaamigoanimal).  A cada dois meses, reportagens sobre raças, saúde, comportamento, alimentação, curiosidades sobre furões, pássaros, cães, peixes, iguanas, gatos, tudo para os apaixonados por pets! 


Mudando consciências
A diretora da Amigo Animal, Elaine Carrasco, é protetora-jornalista que decidiu dar voz e vez aos animais. Ela já se envolveu em várias situações para fazer justiça. Duas delas foram contadas aqui no Informativo SEDA. Na primeira vez, Elaine buscava notícias de um cão guarda, pertencente à Companhia do Cão, que, durante muito tempo, “trabalhou” em uma casa próximo ao Parque da Redenção, em Porto Alegre. O animal encontrava-se em situação de abandono e, diariamente, a protetora o alimentava e dava carinho. A empresa levou o cão para outro município e, até hoje, não se sabe o que aconteceu com ele.

Mais recentemente, Elaine Carrasco adotou um cão da Exposição Fotográfica da SEDA “Especiais sim, diferentes não!”. A protetora é tutora de outros cães com deficiência: Maria Joana, uma SRD cega, de sete anos, e Alex, um Dachshund, de nove anos, que apresenta problema físico em uma das patas após briga de rua com outro animal. Em abril, Max (foto) se juntou à Família Carrasco. “Max é muito lindo, com temperamento dócil e implicante com os irmãos”, conta Elaine, destacando que o SRD exige uma atenção maior devido às crises de convulsão. 

 


“Acredito que se todos tratassem os animais como filhos ou membros da família, não haveria tanta maldade como se vê por ai. Acredito mais: que a Revista Amigo Animal vai criar uma nova consciência de que os animais são portadores de Direitos e merecem ser respeitados”, conclui.

Hum, será que posso ser uma cachorra de capa? "Nathifa abre o jogo: de cachorra de rua a blogueira". 

Lambeijos

Voltando das férias

Galera linda,

Essa vez quem tirou pequenas férias fomos eu e o Hórus, em uma "Colônia de Férias"... lá em Passo Fundo! Explicando: mami e papi tiveram um compromisso super legal lá em Camboriú (que por sinal eu já conheço!!!), e levaram o Marty conhecer a cidade. Então, eu e o Hórus fomos a Passo Fundo "descansar" na cidade do Teixeirinha...
O Marty adorou Camboriú, fez amizades caninas e humanas, só não tomou banho de mar... não podia né, Galera! Foi tudo muito legal.
E eu e meu mano aproveitamos e nos divertimos também.
Para lembrá-los, sempre que forem viajar com seus papis, latam para que eles coloquem o cinto de segurança canino, levem água fresquinha, façam paradas regulares para darmos uma caminhada, tenham os documentos em dia: Carteirinha de Vacinação e Guia de Transporte Animal fornecida pelo seu veterinário.
Se alguém se lembrar de mais alguma coisa, manda aí que eu publico!

Lambeijocas!


quinta-feira, 26 de julho de 2012

Adoção Responsável

Galerita,

trouxe uma imagem que tirei do meu face, não sei de quem que é, mas achei bem legal... para quem pensa em adotar, analise bem, pense com carinho, mas com responsabilidade, não somos presentes, nem objetos, muito menso mercadoria! Precisamos de um lar com amor, comida e água, um teto, brincadeiras, passeios, higiene, tudo o que um ser vivo precisa para ser feliz!


Fica a dica para todos!

Lambeijocas!

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Visitas especiais

Galera!!!

Esse findi foi demais!
Recebemos (ou melhor os pais de minha mamis) visitas especiais!  Os primos do pai da minha mamis vieram lá de longe e deram uma passada lá em casa!
E sabe o melhor? Além de serem pessoas super legais, adoram os animais! Não é o máximo dos máximos? Eu conheci eles no domingo e os adorei! Espero que eles tenham gostado de mim também... mas acho que sim... afinal ganhei muito carinho e atenção.
Por isso que eu ainda tenho fé e acredito nas pessoas que nos protegem, pessoas de bom coração, assim como "meus" primos que conheci! A gente sabe quem gosta de bicho, quem compartilha e procura fazer do mundo um lugar melhor para todos os habitantes da Terra. Que faz a sua parte...

Então, para cada um poder fazer uma partezinha que seja, posto aqui o link para vocês assinarem:




Turma, é isso aí... e para a parentada especial: ADORAMOS A VISITA! QUEREMOS MAIS! Lambeijocas

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Pedido especial

Oiii Galera!!!!!
Curtindo um friozinho???
Lá em casa tá um acampamento... de tanta toca, cama e cobertinha para nós!!!
E para lembrá-los, fica a dica:
(fotinho tirada do facebook, não sei quem fez...)

Turma, todo mundo pode ajudar os animais de rua, seja dando ração e água, divulgando para adoção, oferecendo lar temporário, ajudando as instituições idôneas que trabalham por esta causa... Só fica parado quem quer!

Lambeijocas.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Galeraaaaaaaa

Galera gente e galera bicho,

desculpem minha ausência... mas mesmo sendo uma cachorrinha aposentada, às vezes minha agenda lota de compromissos!!! Mas prometo não ficar taaannnto tempo longe...
Na verdade, queria contar uma coisa que me deixou muito feliz, ontem minha mamis disse que meu bloguinho aqui ajudou uma amiguinha dela, a Rafa (pelo menos foi o que a Rafa disse)... daí eu me dei conta, né, gente... tenho que estar mais online.
Então deixo um lambeio para minha amiga Rafa, e seus aumigos Pingo e Toby! (eles foram adotados, sabiam? Manda a história deles!)
e um outro para todos vocês!


terça-feira, 5 de junho de 2012

O frio tá vindo aí!

Galerinhaaaaa,
(ou Turma, como meu papi insiste em chamar a gente)

o frio tá vindo pra valeeeeeeeeeeerrrrrr! Adoro inverno (e minha mamis adora manga)!
Já usei meu vestidinho de soft, a estufa está a todo o vapor e hoje tivemos sopinha!
Mas estou escrevendo para mostrar para vocês um e-mail que a tia Renata, mãe do Bernardo mandou para mim! Um amor o chimpanzé! Babychimp! Olha só

"Há dois anos atrás, em um zoológico da Rússia, uma chimpanzé por alguma razão não quis o seu filhote. Quando um dos empregados o levou para sua casa, nunca teria imaginado que sua cadela, uma Mastif, poderia se tornar a mãe do chimpanzé órfão, e tratar o querido bebê do mesmo modo que seus filhotes caninos."










Viu, gente. Aprendam conosco, é assim que se faz!
Lambidas no nariz!